Áreas de Actuação:


-   Tornar o apoio público aos cidadãos com PEA uma prioridade nacional.

-    Sensibilizar e informar a sociedade para que conheçam, aceitem e integrem os cidadãos com PEA.

-    Garantir a disponibilização de informação relevante a todos os agentes que intervem na definição de políticas dirigidas às PEA, com enfoque na saúde, educação, emprego/trabalho, protecção social e fiscalidade, para que as políticas públicas resultem numa resposta integrada, eficaz e eficiente relativamente às múltiplas necessidades dos cidadãos com deficiência.

-    Analisar, de forma multidisciplinar e/ou  multidimensional o fenómeno da deficiência em Portugal, especialmente as PEA, elaborando estudos e outros diagnósticos, planos estratégicos ou sectoriais de intervenção e apresentando propostas concretas e adequadas para os problemas identificados.

-    Identificar as boas práticas implementadas, a nível nacional e  internacional, validadas por autoridades de referência, que mais se adequam às múltiplas  necessidades dos cidadãos com deficiência, com o propósito de melhorar as prácticas vigentes.

-     Aprofundar o conhecimento científico na sociedade portuguesa sobre os benefícios da intervenção precoce ao nível deterapias intensivas, integradas e multidisciplinares e do seu impacto no desenvolvimento global da criança, bem como a mais valia efectiva da utilização das mesmas em jovens e adultos com deficiência.

-   Promover, directa ou indirectamente, a implementação de modelos de intervenção de referência, que melhor respondem às necessidades específicas de cada cidadão com deficiência e que contribuem para a inclusão eficiente dos mesmos na família, na comunidade e na vida profissional.

-     Divulgar as boas praticas de intervenção junto das famílias com cidadãos com deficiência, para tomarem decisões informadas que permitam uma intervenção adequada.

-      Organizar acções de formação, de sensibilização e de promoção de boas práticas de intervenção, junto do universo de agentes, bem como de todos aqueles com quem estes cidadãos com deficiência, directa ou indirectamente, interagem.

-    Prestar, promover ou apoiar a prestação de serviços dirigidos a cidadãos com deficiência.